Sempre

Sempre

Sempre

senza fine il nostro  amore

sem fim o  nosso amor

si  sazierà dei  nostri  sogni

se saciará dos nossos sonhos

 

Vestirò  di te

De você vestirei

dei  tuoi  sorriso 

dos teus sorrisos

dei  tuoi  occhi

dos teus olhos

della tua anima

da tua alma

del  tuo  cuore

do  tei coração

della tua mente

da tua mente

 

Sempre

Sempre

senza fine in uno solo  corpo

sem fim em um  só  corpo

inzuppati/

tra  l ieri  dei  ricordi

entre o  amanhã das recordações

immersi

imerso

tra l oggi  nostro immenso

entre o hoje nosso  imenso

e

sognanti 

 sonhando

tra il domani  di  promesse speranze

entre o amanhã de promessa e esperanças

 

*Talcorosa

Anúncios
Esse post foi publicado em Poesia. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Sempre

  1. Ele disse:

    Grazie per aver tradotta la mia poesia.
    il mio compagno stamattina mi ha fatto questo bellissimo regalo,mi ha dato la possibilità di conoscerti.
    Talco
     
     
    http://www.talcorosa.splinder.com
     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s